Principal     |    Biografia    |    Concertos    |     Gravações    |   Publicações    |   Contato
Felipe Avellar de Aquino
Violoncelo
Livro:

VIOLONCELO XXI: Estudos para aprender a tocar e apreciar a linguagem da música contemporânea. São Paulo: Editora Urbana, 2012.


Organizadores:

Teresa Cristina Rodrigues Silva (OSUSP)
Felipe Avellar de Aquino (UFPB)
Fabio Soren Presgrave (UFRN)



VIOLONCELO XXI: estudos para aprender a tocar e apreciar a linguagem da música contemporânea (São Paulo: Editora Urbana, 2012) é fruto da colaboração entre os professores Teresa Cristina Rodrigues Silva (Orquestra Sinfônica da USP), Felipe Avellar de Aquino (UFPB) e Fábio Soren Presgrave (UFRN), organizadores do livro. O projeto foi idealizado com o objetivo de introduzir a linguagem e a estética da música contemporânea para os alunos de violoncelo, explorando peças de compositores brasileiros. Com este propósito, foram encomendadas novas composições a alguns dos principais nomes do cenário musical, como João Victor Bota, Dimitri Cervo, Rogério Luiz Moraes Costa, Maurício De Bonis, Alexandre Ficagna, Marcílio Onofre, Gustavo Penha, Liduino Pitombeira, Marisa Rezende, Vanessa Rodrigues, Marcus Siqueira e Roberto Victório. Estas obras – para violoncelo solo ou para duo – foram escritas especialmente para o projeto e exploram elementos da linguagem composicional destes autores. Cada composição é precedida por um texto analítico, no qual são abordados elementos técnicos e interpretativos específicos. Os organizadores buscaram reunir um repertório variado, permitindo, dessa forma, que o acesso a este novo repertório seja feito de maneira atraente, a fim de que os alunos possam conhecer algumas das ferramentas composicionais empregadas na música do nosso tempo, praticando obras escritas especialmente para este fim.  Assim, os três violoncelistas se utilizam de uma linguagem simples e objetiva para apresentar as técnicas composicionais, abordar problemas de grafia e notação musical, além de focar na produção das novas sonoridades e texturas exploradas nos estudos.
O livro tem apresentação do compositor Sílvio Ferraz, professor da Unicamp, um dos grandes incentivadores do projeto VIOLONCELO XXI e está sendo publicado com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Música da UFPB. Além disso, será disponibilizada uma versão bilíngue no formato e-book (português/inglês), traduzida pelo violoncelista Robert Suetholz, professor da USP, que será distribuída pela Amazon.

Além deste primeiro livro, o projeto VIOLONCELO XXI conta também com um blog para difusão e discussão dos aspectos abordados no livro (Click aqui). Este ainda prevê a gravação das doze obras em CD, pelos três instrumentistas organizadores do projeto. VIOLONCELO XXI: estudos para aprender a tocar e apreciar a linguagem da música contemporânea (São Paulo: Editora Urbana, 2012) já está disponível no site da Editora Matrix/Editora Urbana, no seguinte endereço: Click aqui. Ou pode ser adquirido na Loja Clássicos.





Artigo: Song of Sorrow.
Revista The Strad, Londres, v. 117, n.1391, p. 52-57, 2006.


Artigo tem objetivo de demonstrar como Benjamin Britten faz uso de quatro temas russos na Terceira Suíte para violoncelo solo, a fim de prestar homenagem ao violoncelista Mstislav Rostropovich. A análise das técnicas composicionais empregadas nesta obra busca compreender a maneira como estes temas são tratados. Além disso, uma análise comparativa com a Sinfonia Patética de Tchaikovsky, busca evidenciar a estreita ligação entre as duas obras. Desta forma, examinando-se elementos composicionais em comum, pretende-se verificar como as duas obras podem refletir o pensamento destes compositores nos últimos anos de suas vidas.

Entrar em contato com o autor: felipecello@hotmail.com






Artigo: Sonata Op. 8 para Violoncelo Solo de Zoltán Kodály (Primeiro Movimento): aspectos analíticos e suas implicações interpretativas.
Revista Per Musi (UFMG), Minas Gerais, v. 11, 2005.

Baixar aqui.




Artigo: Práticas Interpretativas e a Pesquisa em Música: dilemas e propostas.
Revista Opus (Porto Alegre), Campinas - SP, v. 9/2003, p. 103-112, 2003.

Baixar aqui.





Tese de Doutorado: Villa Lobos's Cello Conceo. 2: A Portrait of Brazil
(Eastman School of Music/University of Rochester 2000)

Baixar aqui

The purpose of this project is to study the Brazilian elements in Villa-Lobos's Cello Concerto No. 2. The study will try to show how these elements infuse the finished score, how they appeared in the compositional process, and how they might affect any performance of the concerto. In terms of the finished score, I will discuss Villa-Lobos's use of Brazilian folk materials, such as idiomatic themes, harmony, rhythm, texture, form, and instrumental color. Some of these elements are obvious at the surface of the music but others are hidden in the texture. In particular, I will consider the influence of the guitar in Villa-Lobos's writing as well as his use of rhythmic patterns derived from Brazilian folk instruments, such as the berimbau and pandeiro. Thus, I intend to discuss some of the implications of trying to absorb vernacular material into the rarified genre of the concerto. Concerning the genesis of the Concerto, I will discuss Villa-Lobos's sketches and manuscripts, currently owned by the Villa-Lobos Museum in Rio de Janeiro. These materials, which are available in facsimile, shed important light on the ways that Villa-Lobos treated folk material. Finally, through a comparative study of Parisot s original recording and of three later recordings, I will see how an understanding of the Brazilian sources for the Concerto No. 2 shapes our interpretation of the piece. I will analyze whether or not Parisot's changes make the work either more idiomatic to the instrument or more suitable to the folk and popular elements of the piece.



Artigo: Six-Stringed Virtuoso.
Revista The Strad, Harrow, Middlesex, UK, v. 109, n.1297, p. 500-507, 1998.

Entrar em contato com o autor: felipecello@hotmail.com



Recital-Palestra:
A partitura e seus limites: reflexões sobre alguns dos parâmetros musicais e o processo de construção interpretativa (2011).




Capítulo de Livro:

Matemática e música: relações que definem parâmetros para a expressão do artista.
Felipe Avellar de Aquino e Sandra Cabral de Aquino (no prelo: 2014)

Publicações